DBM pode ser usado com outros canais

Postado por: admin | Data: 15 de janeiro de 2016 | Categoria: Artigo Eduardo Ribeiro

Olá! No post de ontem discutimos a questão do e-mail estar morrendo ou não. E não, não está. Mas prometemos responder hoje à segunda parte da pergunta que o leitor Eduardo fez no post DBM Boas Práticas: “Esta tecnologia aplica-se apenas a emails, ou também a redes sociais e whats-app por exemplo?”.

 

Sim, Database Marketing e suas ferramentas podem (e devem) ser usadas em todos os canais de contato, incluindo WhatsApp e Redes Sociais. DBM trata-se de registrar o máximo de informações confiáveis que uma empresa tiver de seus clientes, transformar estas informações em conhecimento e utilizar este conhecimento para fazer marketing, mantendo um relacionamento lucrativo com estes clientes. O relacionamento necessariamente é feito através de um ponto de contato (ou “touchpoint”) e cabe ao DBM, inclusive, definir quais são os pontos de contato preferidos (ou que trazem maior retorno) para cada grupo de clientes.

 

Existem touchpoints que são físicos e pessoais, como uma loja onde a cliente é atendida por uma vendedora, por exemplo. Em alguns casos o meio de contato é eletrônico / digital e está suportado por sistemas tecnológicos, mas também trata-se de uma interação pessoa-pessoa (chats e telemarketing são bons exemplos). E existem ainda os touchpoints automatizados, como o site ou a loja eletrônica de uma marca. Em CRM aprendemos que todos os pontos de contatos devem ser coerentes entre si, ou seja, o cliente deve receber a mesma mensagem independentemente de como está entrando em contato com a empresa.

 

Quando estes pontos de contato são usados de forma ativa através de uma campanha de marketing, hoje em dia, é esperado que ele não só obedeça a regra da coerência, mas também opere algum nível de personalização e esta personalização é apoiada pelas ferramentas de Database Marketing. A empresa “conhece” um cliente através de seu banco de dados, sabe que produtos ela já consumiu, sabe de suas preferências e deve, inclusive, saber qual o melhor canal para cada tipo de mensagem.

 

Mais à frente vamos escrever um conjunto de posts dedicados aos pontos de contato e voltaremos a estas questões com exemplos ok? Por enquanto ficamos por aqui mandando um abraço, desejando bons resultados e até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *