Mais vantagens em usar as réguas automatizadas

Postado por: admin | Data: 24 de fevereiro de 2016 | Categoria: Artigo Eduardo Ribeiro

Ontem escrevi sobre as réguas automatizadas de marketing e propagandeei, como um dos principais benefícios, o fato de liberar o analista de marketing para executar suas reais tarefas ao invés de ficar atolado operacionalizando campanhas que deveriam sair de forma automática. Sem dúvida é um grande benefício mas não é, nem de longe, o único. Talvez o maior benefício seja, na verdade, personalizar o contato com as clientes.

Mesmo o exemplo de ontem já havia uma certa personalização a partir do momento que cada grupo de clientes poderia receber diferentes combinações de mensagens (chamamos de “toques”) de acordo com seu comportamento ao longo da própria campanha. Mas o potencial de personalização vai muito além disso!

Quando uma campanha é pensada de forma isolada e executada manualmente, é muito comum que todas as clientes recebam o mesmo conteúdo. Assim, independentemente do produto que consomem, da frequência que visitam a loja ou do ticket que estão acostumadas a gastar, todas recebem uma seleção única de produto que, muitas vezes, foi selecionada com base no estoque (“precisamos vender mais deste ou daquele produto”) ou no feeling de quem está escolhendo (“este vestido é maravilhoso, vai bombar!”).

Mas, a partir do momento que uma régua está programada e o e-mail sairá sozinho, não há motivos para não se personalizar também a mensagem em si. E por personalizar a mensagem é claro que não estamos apenas falando de colocar o primeiro nome da cliente no início do e-mail. Isso é bacana, mas personalizar de verdade a mensagem significa pensar em regras para que um sistema automatizado faça as escolhas de texto, produto e imagens que serão mostradas para cada uma das clientes.

Completando o exemplo de ontem, da régua de aniversário, poderíamos personalizar o conteúdo da primeira mensagem (ou primeiro toque) assim:

1) A mensagem poderia começar com o nome da cliente, dando um aspecto mais pessoal.

2) Depois o texto poderia ser personalizado de alguma forma, dependendo do estilo e linguagem da marca. Uma marca mais informal e lúdica poderia, por exemplo, colocar um texto associado ao signo da cliente. Algo como “Carol, dizem que as mulheres de Capricórnio têm personalidade forte, são detalhistas, organizadas e metódicas. Se você se identificou com este estilo, clique aqui e veja que gracinha a seleção de produtos especialmente separadas para capricornianas como você”. Outra opção seria incluir informações relacionadas à estação do ano como “Mariana, é um privilégio fazer aniversário justamente quando o outono está começando, aquele calor vai dando lugar a um clima mais ameno e…”. Bem, por aí vai.

3) A mensagem poderia ter um banner que muda de acordo com a preferência de produtos da cliente. A regra seria algo como “apresentar o banner de acordo com a linha de produtos que cada cliente mais consumiu na última coleção” por exemplo.

Muitas outras personalizações poderiam ser feitas! O céu e a criatividade do pessoal de design e marketing é o limite. Se quiser ler um pouco mais sobre o assunto e ver outras opiniões, recomendo o artigo “How and why you should use Email Marketing Automation” de Pawel Sala.

Abraços, bons resultados e até a próxima.

ER

 

 

 

Assine nossa lista de contatos

* indicates required

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *