Por que estamos aqui?

Postado por: admin | Data: 2 de janeiro de 2016 | Categoria: Artigo Eduardo Ribeiro
Open

Estamos aqui porque somos apaixonados pelo o que a tecnologia e o marketing podem fazer juntos. Nossa visão é que no médio prazo nos tornaremos a maior referência no uso de novas e antigas tecnologias aplicadas ao marketing e nossa missão é construir continuamente um conteúdo interessante, dinâmico e atualizado sobre tecnologia e marketing que ajude profissionais e interessados na prática de um marketing mais inteligente e apoiado por tecnologia.

Criamos e manteremos este blog porque somos apaixonados pelo tema (já disse isso) e também porque queremos estar sempre pesquisando, estudando, descobrindo, criando e divulgando novas maneiras ou aplicações consolidadas da tecnologia ao marketing. Prometemos agir com ética, transparência e dedicação.

Dito isso, o grupo começa pequeno mas tem o objetivo de agregar colaboradores fixos e eventuais, sempre trazendo para a roda pessoas que compartilhem de nossos valores e tenham algo de relevante a dizer. Começamos nosso trabalho focando na produção de conteúdo para o blog, mas temos planos de expandir este horizonte até onde a vida nos permitir. Vídeos, animações, apresentações, podcasts, palestras, aulas, cursos e livros estão no radar.

E se estes três parágrafos lhe tocaram de alguma forma, junte-se a nós. Participe, comente, publique, compartilhe e questione. Você é muito bem-vindo. Abraços, bons resultados e até a próxima.

Eduardo Ribeiro e equipe do Tecnologia e Marketing.

Assine nossa lista de contatos

* indicates required

2 respostas para “Por que estamos aqui?”

  1. Raphael Vinícius disse:

    Parabéns pelo trabalho Eduardo, estou ansioso pelos próximos conteúdos.

    Aproveitando…

    Minha esposa possui um espaço de bem estar, oferecendo pilares, tratamentos de fisioterapia e estética. Hoje o espaço tem uma força grande no facebook, queriamos explorar outros canais, temos o domínio espacomzcare.com.br, mas não sabemos o que colocar em um site, um aplicativo cabe no caso dela?

    Abraços!

    • admin disse:

      Olá Raphael, acho que um bom caminho para a sua esposa é desenvolver um infoproduto de bem estar a partir do site e ter uma estratégia para construir um lista de contatos que possa alavancar os atendimentos no espaço físico e, ao mesmo tempo, usar o poder da internet para atingir um publico que esteja distante.

      Vamos escrever um post sobre isso na próxima semana e evoluir esta discussão ok?

      Obrigado pelo acesso e pelo comentário!

      Abraços,
      Eduardo Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *